CABEÇALHO
MENU INICIAL
PERFIL DA ESCOLA
BOLETIM ESCOLAR
PROJETOS DA ESCOLA
Perfil da Escola
Mensagem da Direção
Mensagem da Coordenação
Mensagem dos Professores
Comunicados aos Alunos
Comunicados aos Professores
Notícias
Saúde - Higiene - Doenças
Mercado de Trabalho
Cursos Universitários
Datas Comemorativas
Contos - Fábulas
Frases
Regimento Interno
Horário de Aula
Localização
Sites Relevantes
Parceiros
Copa do Mundo - Brasil - 2014

FISK FISK
SOBIOLOGIA SOHISTORIA SOGEOGRAFIA
SOMATEMATICA SOPORTUGUES SOPEDAGOGIA

DEIXE SEU RECADO

É uma escola voltada para o Ensino Fundamental II e Ensino Médio e EJA
(EF-II; E.M. e Educação de Jovens e Adultos).

A comunidade é carente, com poucas opções de lazer e certa precariedade no que diz respeito às condições de saúde, transporte e, principalmente segurança. Fatos infelizmente comuns em comunidades com este perfil.

No entanto, os Professores, a Coordenação, a Direção e os Funcionários da U.E. buscam, unidos, superar esses fatos e dificuldades, promovendo junto aos alunos e comunidade a valorização da Educação e, desta forma, possibilitar o aprimoramento dos conhecimentos dos educandos, formando cidadãos mais completos, críticos, participativos e evoluídos, capazes de se tornarem pessoas melhores em todos os âmbitos sociais, culturais, financeiros e pessoais.

A clientela, não difere das de outras escolas públicas da periferia de São Paulo:
carenciada de modo geral, muitas vezes desnutrida, proveniente de lares desfeitos ou desestruturados pela falta de emprego ou atividade econômica, alcoolismo e uso de drogas.
A delinquência entre os jovens é comum e a convivência diária com o crime banaliza a violência e a marginalidade.
Esse contexto transforma nossos alunos em verdadeiros sobreviventes, para os quais o dia a dia se transforma em batalha pela manutenção da vida e dos poucos bens materiais de que dispõem.
Dentro desse quadro, estudar, para uns, torna-se a única forma de escapar desse ambiente - e,
para outros, uma atividade de rotina, desvinculada das finalidades que nos levam (direção, coordenação e docentes) à tarefa diária de oferecer-lhes as melhores condições possíveis de educação e inserção no ambiente social.

Direção:
Prof. Aldo F. Alves - Diretor de Escola;
Profa. Édina S. de L. Souza - Vice-Diretora de Escola;
Prof. Marcelo T. Paone - Vice-Diretor de Escola.

Coordenação Pedagógica:
Prof. Félix de S. Cabral – Professor Coordenador;
Profa. Irene Esquerdo – Professora Coordenadora.

Nossos Objetivos:
- criar condições para que todos os alunos desenvolvam suas capacidades e aprendam os conteúdos necessários para a vida em sociedade;
- permitir ao aluno exercitar sua cidadania a partir da compreensão da realidade, para que possa contribuir em sua transformação;
- buscar novas soluções, criar situações que exijam o máximo de exploração por parte dos alunos e estimular novas estratégias de compreensão da realidade;
- melhorar a qualidade do ensino, motivando e efetivando a permanência do aluno na Escola, evitando a evasão;
- criar mecanismos de participação que traduzam o compromisso de todos na melhoria da qualidade de ensino e com o aprimoramento do processo pedagógico;
- promover a integração escola-comunidade-sociedade;
- atuar no sentido do desenvolvimento humano e social tendo em vista sua função maior de agente de desenvolvimento cultural e social na comunidade, a par de seu trabalho educativo.

Nossas Metas:
- diminuição dos níveis de evasão escolar;
- diminuição do nível de alunos reprovados;
- aumento da promoção satisfatório nas séries do Ciclo II do Ensino Fundamental;
- aumento da promoção satisfatório nas séries do E.M.;
- conscientização e implantação da cidadania e da dimensão política;
- envolvimento e interação da comunidade, com vistas a uma participação ativa;
- adequação da elevação da qualidade de ensino;
- unificação de linguagens didáticas;
- envolvimento dos docentes com as normas regimentais e disciplinares;
- diminuição da evasão nos primeiros anos do Ensino Médio;
- alfabetizar em todas as áreas;
- preparar para a construção do conhecimento;
- saber respeitar o "próximo", em seus bens materiais e morais;
- usufruir dos bens da natureza, minimizando os danos à mesma;
- formar e não apenas informar;
- dominar os conteúdos básicos programáticos;
- internalizar seu papel como cidadão do mundo;
- conscientizar sobre a importância da sua contribuição para o bem estar da comunidade;
- valores morais definidos e introjetados;
- conscientização sobre a importância do estudo para o crescimento interior e auto-realização;
- formar mcidadãos críticos e conscientes;
- desenvolvimento das habilidades dos educandos.

"A educação tem raízes amargas, mas os seus frutos são doces. - Aristóteles
O homem não é nada além daquilo que a educação faz dele. - Immanuel Kant
OBRIGADO PELA VISITA !!!
VOLTAR AO INÍCIO